ESPETÁCULO TRAGICÔMICO É O GRANDE ATRATIVO DESTA TERÇA-FEIRA NA “SEMANA CULTURAL – MS EM CENA – 8.ª REPRESENTAÇÃO”

Espetáculo da Cia Azul Celeste de São José do Rio Preto/SP, inspirado em obra beckettiana, será às 20h no Anfiteatro da UFMS
Foto da Apresentação do espetáculo “MUNDOMUDO” da Companhia Azul Celeste de São José do Rio Preto/SP
E a terça-feira, 18 de novembro, da “Semana Cultural – MS EM CENA – 8.ª Representação”, terá em sua programação um fabuloso espetáculo teatral tragicômico do universo de Samuel Beckett, para a comunidade em geral – com entrada franca no período noturno. O Evento é uma idealização do Grupo de Teatro Identidade com o apoio da Prefeitura de Três Lagoas através do Departamento de Cultura, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis, e com o investimento do Fundo de Investimentos Culturais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e conta com o patrocínio da FIBRIA, PASSAREDO Linhas Aéreas e SANESUL, apoios imprescindíveis para a concretização da proposta.
ESPETÁCULO TRAGICÔMICO
O espetáculo da Companhia Azul Celeste de São José do Rio Preto/SP “MUNDOMUDO” será apresentado como único atrativo do dia, nesta terça-feira, ás 20h no Anfiteatro da UFMS – Unidade I – próximo ao exército. MUNDOMUDO apresenta um desenho trágico da personalidade humana e expõe o avesso do homem em sua mais singela dor. Com gênero tragicômico sob a direção de Georgette Fadel, o espetáculo tem a classificação indicativa de 14 Anos e duração de 80 minutos. A autora do roteiro dramatúrgico é Cintia Alves, o elenco é composto pelos atores Jorge Vermelho e Henrique Nerys. Conta ainda com a direção musical de Raphael Pagliuso Neto, sonoplastia de Jorge Vermelho e Raphael Pagliuso Neto, iluminação de Jorge Vermelho e Reni Trombi, cenário e maquiagem com concepção de Jorge Vermelho e figurino deLinaldo Telles. O público interessado em prestigiar o espetáculo deverá retirar os ingressos com UMA HORA DE ANTECEDÊNCIA pois o Anfiteatro comporta 234 lugares.
Foto da Apresentação do espetáculo “MUNDOMUDO” da Companhia Azul Celeste de São José do Rio Preto/SP
MUNDOMUDO investiga a relação cultural entre o velho e o novo por meio dos valores difundidos na sociedade contemporânea. Faz uma reflexão sobre tudo o que nós aprendemos como valor, como crença, como cultura, seja numa dimensão maior ou menor, tornam-se nossas origens de referências que irão comandar nossa consciência e esta determinará nosso comportamento. Um mergulho que fala de homens pequenos aprisionados em um espaço enorme, religados repetidamente pelo jogo estabelecido na convivência e na necessidade um do outro. Jogo compreendido como jogo teatral, cujas regras mantêm-se no seu mínimo e irredutível viger: um início, uma duração, um final, e a repetição de todo o processo em dias seqüentes. Se no início está o fim, se a duração arrasta instantes inúteis, se o final só remata pelo cair do pano (ou trapo), deixando sem desfecho a história, não importa, as regras impõem-se, e os personagens, atônitos, submetem-se ao jogo como ao destino. MUNDOMUDO significa o fim deste jogo, que se mantém como remedo do teatro passado, e vislumbra, na devastação que lhe circunda, formas fantasmagóricas para um teatro futuro. Para a construção dramatúrgica, onde optamos pela linguagem não-verbal, partimos da análise da presença do palhaço na obra de Beckett para refletir acerca do lugar do ator em seu teatro. Nossa hipótese é que, malgrado as distinções já apontadas entre os dois objetos, as inúmeras referências ao cômico circense na obra beckettiana transbordam do plano ficcional para uma poética cênica. Rubricas de difícil execução e limitações do movimento são algumas das estratégias do teatro de Beckett que pretendem colocar o ator em contato com a aflição concreta dos personagens que interpretam. Assim, poderíamos dizer que o seu teatro contém um caráter performático, de forma que, como sugere Jonathan Kalb, "os dois planos de significação, de apresentação e de representação, ficam misturados numa atmosfera consistente de ambiguidade".
SOBRE O MS EM CENA
A “Semana Cultural – MS EM CENA – 8.ª Representação” objetiva promover o intercâmbio entre grupos teatrais da região de Três Lagoas/MS, do Estado de Mato Grosso do Sul e de outros grupos representativos de demais Estados e regiões do País. Visa destacar e divulgar as atividades artísticas, promover a interação entre os processos de criações teatrais, valorizar as artes cênicas e incentivar as manifestações culturais produzidas no município de Três Lagoas e em Mato Grosso do Sul, formar público e plateia, conscientizando-os, e respaldar a inserção de novos fazedores cênicos.
Foto da Apresentação do espetáculo “MUNDOMUDO” da Companhia Azul Celeste de São José do Rio Preto/SP
Serviço:
HORÁRIO: 20h
“MUNDOMUDO”
Companhia Azul Celeste - São José do Rio Preto/SP
Local da Apresentação: Anfiteatro da UFMS, Campus de Três Lagoas, Unidade I, Localiza-se na Av. Capitão Olinto Mancini n.º 1662, Bairro Colinos – Próximo ao Exército
Data: Terça-feira, 18 de novembro de 2014
Entrada: Gratuita.
Lotação: 234 pessoas
Gênero: Tragicomédia
Direção: Georgette Fadel
Classificação: 14 Anos
Duração: 80 minutos
Autora do Texto: Cintia Alves (roteiro dramatúrgico)
Elenco: Jorge Vermelho e Henrique Nerys
Direção Musical: Raphael Pagliuso Neto
Sonoplastia: Jorge Vermelho e Raphael Pagliuso Neto
Iluminação: Jorge Vermelho e Reni Trombi
Cenário e Maquiagem: Jorge Vermelho
Figurino: Linaldo Telles


Três Lagoas/MS, 17 de novembro de 2014
Informações: 67-3929-1133 Ramal 223 - http://www.teatroidentidade.blogspot.com/
 

0 comentários:

Postar um comentário