ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O 4 º FETRAN/MS


FESTIVAL ESTUDANTIL TEMÁTICO
 TEATRO PARA O TRÂNSITO 

     
FETRANFESTIVAL ESTUDANTIL TEMÁTICO TEATRO PARA O TRÂNSITO

O FETRAN Mato Grosso do SulFestival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito, edição2013, promovido pela Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul (PRF/MS) em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/MS) e apoio da ASSETUR, FCMS, FUNDAC, SED, SEMED, SEST/SENAT, SINEPE/MS, FETEMS, Prefeitura Municipal de Dourados,  Prefeitura Municipal de Nova Andradina, Prefeitura Municipal de Três Lagoas, Prefeitura Municipal de Coxim,  Prefeitura Municipal de Corumbá e  Prefeitura Municipal de Campo Grande, através das Secretarias Municipais de Educação, dos Consulados do Paraguai e da Bolívia, entre outros se insere no âmbito dos projetos de Educação para o Trânsito atendendo o que estabelecem o Código de Trânsito Brasileiro e a Resolução SED 2.037/2006.



REGULAMENTO

1DO OBJETIVO
Estimular a produção teatral estudantil e criar condições para se pensar no comportamento de cada um em relação às regras que regem o trânsito de veículos, condutores e pedestres, promovendo assim a educação para o trânsito junto ao público jovem.

2DO PÚBLICO-ALVO
O festival destina-se a estudantes regularmente matriculados no sistema regular de ensino, das escolas públicas e privadas de Mato Grosso do Sul, exceto das modalidades EJA (Ensino de Jovens e Adultos) e profissional/tecnonógica, e de escolas convidadas da Bolívia e Paraguai.

3DAS CATEGORIAS
Poderão concorrer somente textos teatrais inéditos, em três categorias:
Infantil - estudantes que estejam cursando os níveis 2 e 3 nos Centros de Educação Infantil e do ao ano do Ensino Fundamental.
Infantojuvenil - estudantes que estejam cursando do ao ano do Ensino Fundamental.
Juvenil - estudantes que estejam cursando do ao ano do Ensino Médio e exceto das modalidades EJA (Ensino de Jovens e Adultos) e tecnológica/profissionalizante.
Especial - para estabelecimentos de ensino convidados da Bolívia e do Paraguai.

4DA PRÉ-INSCRIÇÃO
4.1Os estabelecimentos de ensino interessados em participar do FETRAN/MS deverão fazer a inscrição até o dia 8/03/2013;
4.2 - A ficha de inscrição poderá ser solicitada pelo e-mail cret.ms@dprf.gov.br ou obtida por meio do portal da Secretaria de Estado de EducaçãoSED, http://www.sed.ms.gov.br;
4.3 - Após o preenchimento da ficha de inscriçao, a mesma deverá ser encaminhada via e-mail cret.ms@dprf.gov.br, via correio, ou ainda pessoalmente na sede da Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal, Rua Antônio Maria Coelho, 3033Jardim dos Estados, CEP 79020-908, Campo Grande/MS;
4.3.1 Na inscrição não é preciso fornecer informações sobre o(s) espetáculo(s), ficha(s) técnica(s) e os estudantes integrantes do(s) grupo(s) teatral (ais).
4.3.2 Ao ser inscrito, a organização do evento encaminhará toda a documentação necessária que deverá ser preenchida para validação da inscrição;
4.4 - Cada escola, no ato da inscrição, indicará uma pessoa do grupo pedagógico que a representará junto à comissão organizadora;
4.5 - Poderão se inscrever os Centros de Educação Infantil (níveis 2 e 3), estabelecimentos de ensino do nível fundamental e médio das Redes de Ensino Pública e Privada em funcionamento no Estado de Mato Grosso do Sul;
4.6O calendário das apresentações serão definidas entre os meses de maio e junho de 2013, e serão realizadas nas cidades sede regionais em locais a serem definidos pela organização e/ou Prefeituras municiais das cidades sede;
4.6.1Os estabelecimentos de ensino inscritos deverão apresentar a peça teatral nas datas e locais definidos pela organização do evento, para serem avaliados por uma comissão julgadora;
4.6.2Os inscritos deverão, em até um dia útil à data programada para a apresentação, entregar para a organização aficha completa de inscriçãoe cópia do texto, na íntegra;
4.7 - As escolas poderão inscrever, no máximo, três peças, porém somente uma peça por categoria (uma infantil, uma infantojuvenil e/ou uma juvenil);
4.8 - Os responsáveis pela parte técnica do espetáculo (som, iluminação, contrarregra
e direção) não necessitam possuir qualquer vínculo empregatício com a escola, porém deverão ter a autorização da equipe gestora para atuarem nas unidades escolares;
4.8.1Na ficha técnica, deverão constar somente nome do aluno regularmente matriculado na escola, mesmo que ele seja assessorado por outras pessoas não ligadas ao estabelecimento de ensino (figurino, sonoplastia, cenário);
4.9 - Os integrantes que irão participar como atores/atrizes, cenógrafo, figurinista e/ ou roteirista deverão ser estudantes regularmente matriculados nas escolas inscritas. Não será aceita a inscrição de estudantes que estiverem matriculados apenas em dependência de algumas disciplinas.
4.10 - O diretor da escola deverá encaminhar até um dia útil anterior à data da apresentação do espetáculo no festival, os seguintes documentos:
- Ofício atestando a situação regular da matrícula, bem como a idade e a série e ano dos estudantes;
- Autorização dos pais;
- Termo de cessão para uso de imagem e som;
- Ficha completa de inscrição ( ficha técnica);
- Texto do espetáculo, na íntegra;
4.10.1Os modelos de autorização dos pais e o termo de cessão de imagem e som e ficha completa de inscrição (ficha completa) serão encaminhados aos estabelecimentos de ensino após o recebimento, pela organização do evento, da ficha de inscrição;
4.11 - Os espetáculos deverão ter o tempo mínimo de 8 minutos de duração e o tempo máximo de 20 minutos;
4.12As informações referentes a escola, estudantes, professores e participantes dos espetáculos, declaradas na ficha de inscrição, são de responsabilidade da direção da escola;
4.13 - Cada grupo teatral deverá ser composto de, no mínimo quatro e no máximo sete alunos/atores;
4.14 - Escolas dos municípios do interior de Mato Grosso do Sul poderão participar do festival, no entanto, a organização do evento não se compromete a oferecer transporte, alimentação e hospedagem. Todos os meios necessários para a participação deverão ser por recursos próprios da instituição de ensino e/ou patrocínios (ou apoio) que são de sua exclusiva responsabilidade;
4.14.1 - Embora não haja o comprometimento da organização do evento, a mesma realizará gestão, solicitando apoio da Prefeitura local e de outras instituições públicas e privadas para verificar a possibilidade delas auxiliarem os estabelecimentos de ensino do interior do Estado;
4.15Os estabelecimentos de ensino concorrerão nas seletivas de acordo com a região geográfica da cidade sede do evento, dispostas no anexo I deste regulamento. As escolas do interior poderão, em função da dificuldade o deslocamento, caso não esteja esta na cidade sede de uma das seletivas, solicitar o encaminhamento de sua apresentação por vídeo. A solicitação será analisada pela organização do evento;
4.16 - Todo o material recebido para as inscrições não será devolvido, passando a
fazer parte do acervo do FETRAN/MS;
4.17 - Caso não haja um número mínimo de inscrições (cinco por categoria), a Comissão Organizadora poderá cancelar a realização do Festival ou readequar a região em que o estabelecimento de ensino esteja localizado para outra região, e ainda negociar com os estabelecimentos de ensino do interior do Estado, para que produzam uma gravação em vídeo do espetáculo. O número mínimo fica estipulado em cinco escolas participantes para cada categoria;
4.18O item anterior se refere à possibilidade de haver poucos inscritos em determinada categoria, o que fará com que ocorram algumas adequações para que os estabelecimentos de ensino do interior do Estado não sejam impedidos de participar por falta de concorrentes em sua região.

5DA SELEÇÃO
5.1 - Dentre as escolas inscritas em Campo Grande e cidades próximas, haverá uma seleção que escolherá os dois melhores espetáculos de cada categoria (dois da categoria infantil, dois da categoria infantojuvenil e dois da categoria juvenil) que ficarão automaticamente classificados para a grande final, com processo de análise efetuado por uma banca examinadora composta por, no mínimo três e no máximo oito membros, dos órgãos realizadores e apoiadores do evento;
5.1.1A seleção dos espetáculos dos estabelecimentos de ensino de Campo Grande e cidades próximas poderão ser definidas através de vídeos, caso o número de inscritos seja considerado alto e impossibilitado de se realizar um evento de seleção de peças teatrais.
5.1.2A banca examinadora estará presente em todas as seletivas nas datas a serem estipuladas posteriormente, visto que a comissão organizadora definirá conjuntamente com os gestores municipais das cidades sedes regionais, definindo com os municípios até o final do mês de fevereiro. As seletivas serão realizadas entre os meses de maio e junho de 2013;
5.2As seletivas das etapas no interior do Estado serão realizadas por uma banca examinadora composta de, no mínimo, três pessoas, composta por Policiais Rodoviários Federais e convidados das instituições realizadoras e apoiadoras do evento, com conhecimento em artes cênicas, que virão de outras localidades, que não das cidades sede;
5.2.1A banca examinadora estabelecida para a cidade sede para o interior do Estado assistirá a todas as peças que se inscreverem, nos dias estabelecidos conforme o cronograma que será posteriormente informado aos inscritos:
- CORUMBÁ: : data a ser definida entre os meses de maio a junho;
- COXIM: : data a ser definida entre os meses de maio a junho;
- TRÊS LAGOAS: data a ser definida entre os meses de maio a junho;
- DOURADOS: data a ser definida entre os meses de maio a junho;
- JARDIM: data a ser definida entre os meses de maio a junho;
- CAMPO GRANDE: data a ser definida entre os meses de maio a junho;
5.2.2A banca examinadora do interior escolherá, em cada região, o melhor espetáculo em cada categoria (uma infantil, uma infantojuvenil e uma juvenil) que ficarão automaticamente classificadas para a grande final em Campo Grande;
5.2.3Durante a realização das etapas em Dourados e Corumbá, poderá ocorrer a apresentação de escolas convidadas do Paraguai e Bolívia, que concorrerão em categoria especial e diferenciada, podendo ainda, receber o convite para se apresentarem na grande final em Campo Grande;
5.3 - O resultado das escolas classificadas nas cinco seletivas será divulgado até o dia 29 de junho de 2013, e será comunicado por meio de e-mail e/ou telefone e imprensa escrita e falada;
5.4 - Aos finalistas, organização do evento poderá disponibilizar um dia para reconhecimento e até mesmo ensaio da apresentação, em Campo Grande, desde que haja disponibilidade de espaço físico;
5.5 - Para as escolas do interior do Estado classificadas para a grande final, a organização informará todas as características físicas do espaço cênico, dada a dificuldade de deslocamento para os ensaios;
5.6 - Quaisquer mudanças na ficha técnica do espetáculo concorrente ou da escola participante poderão ser feitas até um dia útil anterior ao espetáculo se apresentar para a banca examinadora e julgadora. Casos excepcionais serão dirimidos pela comissão organizadora;
5.7 - A escola, que for selecionada para participar da seletiva e da final do festival e deixar de comparecer, sem uma justificativa que seja aceita pela comissão organizadora, ficará impedida, juntamente com sua equipe técnica, de participar da edição seguinte do FETRAN/MS (2014);
5.8 - De acordo com a diretriz da proposta, as peças teatrais deverão retratar assuntos (velocidade,ultrapassagem, alcoolemia, acidentes,  relacionados à educação para o trânsito, e a direção do espetáculo deve ter cuidado com o texto, figurino e cenário (ex: se houver carros, os mesmos devem ter placa, os condutores devem utilizar cinto de segurança, os veículos não podem trafegar na contramão, a sinalização deve ser condizente, etc.);
5.9 - A etapa final do FETRAN/MS, com os vencedores das seletivas, acontecerá
em Campo Grande/MS, no mês de agosto de 2013, em data e local a definir, porém será previamente comunicado aos finalistas regionais.
5.9O espetáculo teatral deve ser livre, sem censura, porém, devido ao fato de que as categorias são compostas por menores de sete a dezessete anos, sugerimos que nas peças teatrais os participantes tenham atenção em relação às palavras, gestos e vestuário.

6DAS APRESENTAÇÕES
6.1 - Não será permitido o uso de materiais que produzam efeitos perigosos (fogo, por exemplo) ou que danifiquem as instalações do Teatro tais como: terra, de mármore, água, tinta, entre outros. Os casos especiais deverão ser relatados quando da inscrição do grupo e serão analisados pela Comissão de Seleção;
6.2 - Os recursos cenotécnicos deverão ser planejados de forma que não comprometam a organização do festival;
6.3 - Os equipamentos de sonorização e iluminação serão disponibilizados pela organização do evento, não sendo permitido às escolas participantes incrementarem esses recursos, exceção feita ao uso de instrumentos musicais utilizados ao vivo;
6.4 - As apresentações deverão obedecer às datas e os horários definidos para cada grupo e caso haja um atraso superior a 20 minutos, excetuando-se os problemas de responsabilidade da organização, o grupo será penalizado com a perda de um ponto, na nota da média final;
6.4.1O cronograma das apresentações, contendo local, data e horário, será encaminhado aos estabelecimentos de ensino conforme o número de inscritos.
6.5 - Os grupos teatrais que pretendam fazer uso de recursos como iluminação e sonoplastia mecânica devem disponibilizar um responsável para acompanhar o sonoplasta e o iluminador nas datas da apresentação ao qual for definida.
6.5.1O responsável deverá ser aluno, mas poderá contar com o apoio de terceiros, conforme prevê o ítem 4.8.

7DA AVALIAÇÃO E DA COMISSÃO JULGADORA
7.1 - A avaliação na etapa da grande final dos espetáculos será feita por uma Comissão Julgadora, composta por pelo menos 3 (três) jurados de outros Estados da Federação, com reconhecida competência na área cênica;
7.2 - É de competência do corpo de jurados escolher e indicar os melhores espetáculos em cada uma das categorias, considerando a temática, o processo de criação, o processo pedagógico, o espetáculo apresentado e também os melhores atores, cenógrafos, figurinista e texto;
7.3 - A escolha do melhor espetáculo, bem como os melhores por categoria (ator/atriz, figurinista, cenário, texto), será efetuada a partir da média aritmética das notas dos jurados que podem variar de seis a dez, podendo ser fracionadas em décimos (exemplo: 7,3 ; 8,8 ; 9,4 ; etc.);
7.4 - Em caso de empate, a comissão julgadora se reunirá e decidirá em comum acordo.




8DA PREMIAÇÃO
8.1 - Serão premiados em cada categoria (infantil, infanto-juvenil e juvenil):
- 1º, e lugar
8.2Nas três categorias (infantil, infanto-juvenil e juvenil) também haverá premiação para:
- melhor ator,
- melhor atriz,
- melhor texto,
- melhor figurinista,
- melhor cenógrafo.
8.2.1Para 2013 haverá mudança nas premiações, ou seja, não seguirão o mesmo conteúdo e quantidade que em anos anteriores;
8.3 - A divulgação dos melhores espetáculos, ator, atriz, texto, figurinista e cenógrafo e a entrega da premiação para as escolas que eles representam serão feitas durante a cerimônia de encerramento a ser realizada no mês de agosto de 2013
8.4 - Poderá ter premiação para as torcidas mais organizadas (disciplina, coreografia, boas maneiras) de cada categoria, em premiação a ser definida pela Comissão Organizadora;
8.5 - A premiação dos vencedores da grande final será composta de notebooks, playstation 3, televisores, projetores multimídia, máquinas fotográficas, Kit esportivo, bicicletas, entre outros, e será divulgada durante a abertura de cada uma das etapas*
* Os itens da premiação dependem ainda da efetivação dos respectivos editais de compra, e estão sujeitos à modificações.
8.6Quaisquer alterações de datas poderão ser feitas a critério da organização do evento, com a devida comunicação a todos os participantes.
8.7 - Os grupos das escolas que vencerem em primeiro lugar a etapa estadual, em cada uma das categorias, participarão de uma viagem a Brasília/DF, para um passeio Cívico/Cultural/Histórico e farão apresentações de divulgação do projeto durante a viagem, em data a ser definida pela Coordenação de Ensino do Departamento de Polícia Rodoviária FederalCOEN/DPRF.


9DA OFICINA E ENSAIO
9.1 - No mês de Março de 2013, representantes do grupo teatral e do estabelecimento de ensino terão direito a participar da oficina de capacitação, e do repasse das informações gerais sobre apresentação de peças teatrais, ministrada por técnicos com reconhecimento em área cênica.
9.2A oficina será realizada em dois períodos: das 08 às 11 horas e das 14 às 17
horas, na Capital e nas demais cidades sedes das seletivas regionais, a ser realizado no mês de março de 2013;
9.2.1 - Em Campo Grande/MS a oficina será realizada no SEST/SENAT, localizado na Rua Raul Pires Barbosa, 1784Chácara Cachoeira II.
9.2.2Em Dourados, Jardim, Três Lagoas, Coxim e Corumbá, a oficina será realizada em local a ser definido pela organização do evento;
Obs.: Poderá haver mudança de data se a quantidade de inscritos excederem a capacidade do auditório ou outro motivo, com a devida informação aos interessados;
9.3 - A Comissão Organizadora do evento não se responsabiliza por despesas de transporte, hospedagem e alimentação dos representantes dos grupos teatrais dos estabelecimentos de ensino, dos municípios do interior, que queiram participar da oficina;
9.4 - Aos finalistas do FETRAN/MS, poderá ser destinado meio período (matutino
ou vespertino) para ensaio individual no teatro da apresentação, com possibilidade
de utilização de recursos de som e iluminação conforme a apresentação final. A organização estuda a possibilidade de realização dos ensaios no local da apresentação final, local ainda a ser definido, porém isso vai depender da disponibilidade de agenda do local.
9.5Aos finalistas do FETRAN/MS, caso seja possível o ensaio, no referido dia haverá a presença de um técnico com conhecimento na área para assessorar o grupo teatral. Este profissional será cedido pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

10DA DIVULGAÇÃO
10.1 - A Comissão organizadora divulgará nos meios de comunicação e nos sites institucionais o período, inscrição e os resultados do Festival Estudantil Temático
Teatro para o Trânsito FETRAN/MS;
10.2 - A ficha de inscrição, autorização dos pais, termo de cessão para uso de imagem, regulamento e os resultados do FETRAN/MS estarão disponíveis por meio do e-mail cret.ms@dprf.gov.br, ou obtida por meio do portal da Secretaria de Estado de EducaçãoSED, http://www.sed.ms.gov.br;
10.3 - A divulgação dos espetáculos é de responsabilidade da Organização do FETRAN/MS, sendo que os grupos representantes das escolas poderão reforçar esta divulgação enviando para a imprensa local matérias complementares visando uma melhor cobertura de seu espetáculo.

11DOS DIREITOS AUTORAIS
Todos os alunos, professores e diretores de escolas participantes no ato de sua inscrição autorizam, em caráter não exclusivo, gratuito, irretratável e irrevogável, à Comissão Organizadora do FETRAN/MS a utilizar ou ceder a parceiros e para a imprensa, textos e imagens do espetáculo, voz, nome, entrevistas e depoimentos de cada um dos participantes no sentido de divulgar e promover o evento.

12 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
12.1 - É de responsabilidade de cada escola/grupo participante, a indicação de seus componentes que atuarão como auxiliares de palco, cujos nomes deverão constar na ficha técnica de inscrição;
12.2 - A retirada do cenário e liberação dos camarins deverá acontecer imediatamente após a apresentação, no prazo máximo de 20 minutos, salvo em casos especiais a serem analisados pela Comissão Organizadora;
12.3 - A Comissão Organizadora não se responsabilizará por materiais não retirados após a apresentação e nem por quaisquer materiais/objetos nos camarins que pertença aos participantes;
12.4 - No teatro, o pano de fundo será em tecido escuro, sob responsabilidade da organização do evento.
12.5 - A Comissão Organizadora designará um Fiscal de Palco para o acompanhamento dos grupos concorrentes, liberação de palco e controle dos tempos;
12.6 - A organização, com apoio dos parceiros, prefeituras e outros, poderá disponibilizar ônibus e veículos para transporte dos finalistas de Campo Grande, para as apresentações e para a cerimônia de encerramento.
12.6.1A organização fará contato com os finalistas para verificar a confirmação ou não a disponibilização do transporte, no intuito de incentivar os agentes públicos e particulares locais a ajudarem a escola;
12.7 - A produção do espetáculo, transporte adicional (pessoas e/ou materiais), alimentação, hospedagem e demais despesas com cada um dos participantes correrão exclusivamente por conta das escolas, grupos ou integrantes e representantes da instituição de ensino inscritos no festival;
12.8 - Toda a comunicação entre os estabelecimentos de ensino e a Comissão Organizadora será feita por um representante designado por cada escola e que esteja inscrito no ato da inscrição, podendo este representante ser alterado durante o período, pelo Diretor do estabelecimento de ensino;
12.9 - Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora, bem como dirimir possíveis mudanças, inclusive de datas, desde que comunique a todos os interessados em tempo hábil;
12.10 - As decisões da Comissão Organizadora do evento e da Comissão Julgadora são soberanas, não se admitindo contra elas nenhum recurso;
12.11 - Não serão devolvidos textos, documentos ou quaisquer documentos entregues ou enviados para a Comissão Organizadora;
12.12 - O simples envio do trabalho configura a plena concordância com as regras do presente regulamento, não cabendo aos participantes quaisquer recursos.



Maiores informações entrar em contato por telefone: 3320-3658 (segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e 14h às 16h), e-mail: cret.ms@dprf.gov.br ou comparecer na sede da Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal, sito à Rua Antônio Maria Coelho, 3033Jardim dos Estados, Campo Grande, Mato Grossso do Sul.



0 comentários:

Postar um comentário