GRUPO DE CAMPO GRANDE APRESENTA “OS CORCUNDAS” NO PRIMEIRO DIA DA SEMANA CULTURAL - MS EM CENA – 6.ª REPRESENTAÇÃO


O teatro de gênero medieval será apresentado no anfiteatro, Após  abertura do evento, às 20h30min

A “Semana Cultural – MS EM CENA – 6.ª Representação” é uma idealização do Grupo de Teatro Identidade, da Prefeitura de Três Lagoas através do Departamento de Cultura, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS e tem o investimento do Fundo de Investimentos Culturais – FIC, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul – FCMS, do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. O evento já foi realizado em cinco ocasiões nos anos de 2007, 2008, 2009, 2010 e 2011. O objetivo do evento é levar o teatro e outras artes - como a música e a dança, à comunidade, oferecendo cultura e entretenimento, concretizando a formação de platéia. Visa realizar um ciclo anual de apresentações de peças teatrais e outras atividades culturais, produzidas para o público infantil ou adulto, buscando novas formas de estímulo aos grupos locais e outras cidades do Estado de Mato Grosso do Sul, e de outros Estados e Regiões do Brasil no intento de valorizar o teatro enquanto recurso de lazer, cultura e conscientização dos problemas sociais que afligem a sociedade brasileira.
O público interessado em prestigiar os espetáculos que ocorrerão no ANFITEATRO DA UFMS - UNIDADE I, deverá retirar os ingressos com UMA HORA DE ANTECEDÊNCIA.
O evento contará com três debatedores que acompanharão toda a programação dos espetáculos que serão apresentados durante o evento, e propiciarão ao público presente um bate-papo após cada apresentação, elucidando aspectos técnicos e formativos do trabalho apresentado, fomentando a formação de plateia em Três Lagoas e acrescentando elementos teóricos e metodológicos aos grupos participantes do evento. Os debatedores foram convidados pela Comissão Organizadora por serem profissionais das artes cênicas e com atuação relevante para a proposta, além de ampliar os objetivos do evento em relação ao seu crescimento técnico e profissional.
Juliana Calligaris: Formada em Artes Cênicas e Filosofia pela Unicamp, fez pós graduação em Simbologia Teatral pela ECA - USP. Atriz, professora e pesquisadora teatral desde 1991, quando fundou o Grupo Trilhas da Arte - Pesquisas Cênicas. Ministra oficinas teatrais desde 2005 pelo SESC, Secretaria de Estado da Cultura e Secretarias Municipais de Cultura. Atua como curadora, jurada e debatedora em vários festivais teatrais nos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Atualmente é Orientadora Teatral do Programa Vocacional, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. Atualmente também é coordenadora artística do Estação Caneca - Espaço Cultural Trilhas da Arte, sede atual do grupo em São Paulo. Atua no espetáculo “Senhorita Júlia” de August Strindberg, sob direção de Antonio Ginco, dirige o espetáculo infanto-juvenil indígena “O Pequeno Senhor do Tempo” e atua no espetáculo de Teatro Físico “Catadióptrico” de criação coletiva, sob direção de Letícia Olivares.
Reinaldo Santiago: Ator, Diretor e Dramaturgo, cursou a Escola Arte Dramática-ECA-USP. Fundou com alguns colegas os Grupos “O Pessoal do Victor” e “Lux in Tenebris”. Professor Pleno e um dos fundadores do Departamento de Artes Cênicas UNICAMP. Fundador e Diretor Artístico da CETA-Cia Estável de Teatro de Piracicaba, onde dirigiu entre outros ”Édipo-Rei” de Sófocles, “O Casamento Forçado” de Molière, “Vera Cruz” e “Beira Rio” (Bolsa Vitae de Dramaturgia), ambos de sua autoria. Dirigiu “Luz nas Trevas” de Bertolt Brecht, “Até Onde a Vista Alcança”, “Entre dois Carnavais” e “Ciganos, o Povo Invisível”, todos de sua autoria. Júri de vários festivais e mostras, entre eles: Festival Nacional de Ponta Grossa, Festival de Jundiaí, Festival de Avaré e Mostra de Teatro de São José dos Campos 2012. Atualmente pesquisa o universo indígena brasileiro, para criação de texto e montagem de “Paixoei ou Diários da Floresta” baseado em livro de Betty Mindlin.
Will Damas: Dramaturgo, Diretor, Ator e Iluminador de teatro, cinema e TV, palestrante sobre Interpretação. Autor de mais de uma dezena de peças, atuou em cinema, desde os anos 1990 dirige peças em São Paulo e atua em dezenas de espetáculos. Foi fundador do Engenho Teatral e Grupo Clariô de Teatro. Em TV, foi assistente de direção e ator de teledramaturgia na TV Cultura, Record, Globo e SBT. Reúne prêmios em Direção, Interpretação e Iluminação. Em 2011, é premiado pela Cooperativa Paulista de Teatro com as peças Hospital da Gente e Urubú Come Carniça e Voa. Atualmente é membro do Grupo Clariô de Teatro, da Sociedade Lítero-Dramática Gastão Tojeiro, do Grupo “A palavra e o gesto”, da Ing Ong, orientador do Projeto Ademar Guerra e coordenador e professor de Teoria e Interpretação na Oficina de Teatro Cia. das Artes.


 20h30min
“OS CORCUNDAS”
Circo do Mato – Grupo De Artes Cênicas – Campo Grande/MS
Local: Anfiteatro da UFMS – Unidade I                        Gênero: Teatro Medieval
Direção: Breno Moroni                                       Classificação: 7 Anos
Autor do Texto: Breno Moroni
Elenco: Aline Duenha e Mauro Guimaraes
Sonoplastia: Laila Pulcherio                               Iluminação: Yago Garcia
Figurino: Circo Do Mato E Breno Moroni           Maquiagem: Circo Do Mato
Duração: 50min

RELEASE: Dentre várias ações culturais realizadas pelo Circo do Mato, acontece a Pantalhaços – Mostra de Palhaços do Pantanal, com apresentações de espetáculos e oficinas voltadas para a arte do palhaço/ator. Em sua 3ª edição, trouxe o artista brasileiro, então residente na europa, Breno Moroni, que ministrou a oficina “O Palhaço de Picadeiro”; dentre inúmeras atividades artístico/culturais, Breno também é autor e diretor teatral. À partir desse encontro surgiu a vontade do diretor de realizar uma montagem com o grupo. O grupo, que já vem desenvolvendo trabalhos com diretores convidados, aceitou o convite, e em quinze dias de trabalhos intensos realizou a pré-estreia do espetáculo “Os Corcundas”, no evento Roça de Paz dos “Poetas Del Mundo”, ocorrido em 15 de janeiro deste ano. Apesar do curto espaço de tempo, a objetividade e o profissionalismo da equipe fizeram com que o espetáculo agradasse e comovesse a plateia desta primeira apresentação. A simplicidade do tema abordado em “OS CORCUNDAS”, bem como a linguagem universal (pantomima e gromelô) são elementos que tornam esse espetáculo um convite a um belo passeio pelo universo fantástico da imaginação, agradando tanto crianças quanto adultos. É, sem dúvida, uma obra para todas as idades.
SINOPSE: Uma pantomima que conta a saga de dois corcundas errantes: ele, o Corcunda, simpático, feio e puro! Como um cão, tenta ser amigo, mas, tem medo dos homens! Ela, a Corcunda, é feia e brincalhona. Esperta como um macaco, não percebe a opinião ou lógica das pessoas. Depois de caminharem pelo mundo, sem nada para vender ou comprar, são arrebatados por um amor sincero, avassalador, verdadeiro, engraçado e puro. Um espetáculo que diverte e emociona!

COMISSÃO ORGANIZADORA
Leandro Cazula
Wagner Corsino Enedino
Vickie Vituri
Cristovam Henrique                Caroline Feliciano
Juliana Santos              Tatiana Mizobe

Informações:
67-3929-1133 Ramal 223 / 9988-5148 / 9151-0008
http://teatroidentidade.blogspot.com
www.treslagoas.ms.gov.br
www.ufms.br
www.fundacaodecultura.ms.gov.br/


0 comentários:

Postar um comentário