Festival de Inverno de Música Erudita Cidade das Águas começa dia 22 de Julho

A Prefeitura Municipal de Três Lagoas, através da Secretaria de Educação e Cultura – Departamento de Cultura, irá contemplar por meio de um projeto musical, parcela significativa da população, pertencente ao segmento formado por músicos amadores e profissionais, músicos de banda e fanfarras, integrantes de corais, regentes e componentes de diversos estilos musicais.
O “ I Festival de Inverno de Música Erudita Cidade das Águas” será realizado durante o mês de julho, entre os dias 22 e 27, utilizando como palco vários locais da cidade, de fácil acesso à comunidade, sempre com entrada franca, promovendo a democratização da música de concerto.
O evento tem como objetivos promover na cidade de Três Lagoas durante o mês de julho um festival contendo vários segmentos da música erudita, com apresentações de espetáculos, oficinas, palestras e workshops; levar ao público a cultura não vista na grande mídia – Música Regional, Moda de Viola, Cantorias, Musica Clássica, Musica Instrumental e as mais diversas manifestações culturais; possibilitar a preservação e difusão dessa cultura através das oportunidades de divulgação nas escolas e na imprensa, criadas a partir da existência do projeto; oferecer à comunidade uma alternativa de entretenimento e diversão sendo que as programações serão gratuitas; inserir no universo dos presentes a dimensão da arte como ofício, possibilitando o aprendizado e aprimoramento de técnicas diversas nas oficinas, palestras e workshops que ocorrerão, bem como a reflexão sobre a possibilidade de engajamento em tais atividades; favorecer a descoberta de talentos artísticos, bem como resgatar os mestres da cultura popular na comunidade e região; promover a cidadania, a inserção cultural, levando informações úteis às pessoas presentes; sensibilizar o indivíduo com ações que contribuam para o resgate da autoestima e da cidadania; promover a inclusão social favorecendo o acesso da cultura à comunidade mais carente; favorecer a integração das pessoas da comunidade por meio da participação nas atividades propostas e promover o intercâmbio cultural na região, por meio de apresentações de artistas de várias localidades e até mesmo de outros países, estados ou regiões.


Confira a programação e participe!

Dia 22/07 – sexta feira – período vespertino
Horário: a partir das 14h
Local: UFMS – unidade I
Recepção dos alunos e profissionais
Entrega de material didático

Dia 22/07 – sexta feira – período noturno
Abertura oficial
Local: Praça Senador Ramez Tebet
Horário: 20h



ATRAÇÃO MUSICAL:
SHOW DIÁLOGOS
O Show diálogos foi apresentado recentemente no Festival América do Sul em Corumbá MS, destaca a presença no palco de músicos do Brasil, Paraguai e Bolívia. Instrumentos como a Zamponha, Charango, Quenas e outros, característicos da cultura andina misturam-se ao som de uma orquestra tradicional e ao pop rock do grupo Muchileiros.

GRUPO MASIS BRASIL - Campo Grande - MS
Nasceu em dezembro de 2003 da iniciativa dos músicos Miska e Edgar Mancilla. A necessidade que o público tem de ouvir a música latino-andina é o marco para recomeçar um trabalho que havia sido iniciado na "Penha EME ENE" na cidade de Campo Grande, cujo diretor era o músico Paulo Simões. Após 14 anos os integrantes se reúnem e apresentam o show "CAMINOS Y ENCUENTROS DE AMÉRICA LATINA" no Teatro Prosa do SESC Horto. Posteriormente o grupo é chamado a participar do Festival América do Sul na cidade de Corumbá. A característica musical do grupo se distingue principalmente pela fusão de ritmos e a utilização dos elementos da música regional sul-mato-grossense, que trazem um toque da região da América hispânica.

MUCHILEIROS - Campo Grande – MS
Muchileiros surgiu da dissolução da antiga banda Clandestino. O grupo reavaliou seu trabalho com a entrada de um novo baixista e há mais de dez anos vêm atuando na noite campo-grandense e do interior do Estado.
A banda viaja por influências latinas da região de fronteira, dos Andes, Brasil e da América Central, levando em sua bagagem as várias vertentes do pop-rock, clássicos do rock e atravessando todas as fronteiras da música com instrumentos diversificados.

ORQUESTRA JOVEM DA FUNDAÇÃO BARBOSA RODRIGUES.
A Orquestra Jovem foi criada em 2005, sendo a primeira orquestra sul-mato-grossense composta de crianças e de adolescentes em situação de vulnerabilidade social, como mecanismo de combate à evasão escolar. Tem apresentado melhoras positivas em concentração, disciplina e participação em sala de aula. Mais do que isso, a formação musical e de cidadania tem proporcionado desenvolvimento pessoal e possibilidade de profissionalização, surgindo assim, novos talentos. Nestes seis anos a FBR provou que vale a pena investir em música, pois a Orquestra saiu de um projeto educacional e, atualmente, faz um trabalho artístico consolidado e o resultado tem sido excelente.
Tem como Maestro Eduardo Martinelli.

PARTICIPAÇÃO CANTORES TRES LAGOENSES:
Silvânia e Lucas

DIA 23/07/2011 – SÁBADO - matutino
Durante o dia – workshops e oficinas
Horário: 9h
Local - Praça Senador Ramez Tebet


APRESENTAÇÃO MUSICAL:
BANDA MARCIAL CRISTO REDENTOR
GRUPO DE PALHETAS CRISTO REDENTOR
A Banda três-lagoense regida pelo maestro Luís Carlos Relíquias, que também é vice-presidente da FEBAFAMS, participa de eventos em nível estadual e nacional, conquistando diversos títulos com seu corpo musical, corpo coreográfico e balizas.
A Banda Marcial, bem como a Banda Musical e Grupo de Palhetas, fazem parte do Projeto Cristo Redentor mantido pela Prefeitura de Três Lagoas através da Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Trabalho.

DIA 23/07/2011 – SÁBADO – Vespertino
Horário: 14h
Local: UFMS – UNIDADE 1
Início dos cursos e oficinas

DIA 23/07/2011 – SÁBADO – Noturno
Local: Igreja Matriz
Horário: 20h

APRESENTAÇÃO MUSICAL:
QUARTETO TOCCATA
Grupo vencedor da 1ª Edição do Prêmio Campo Grande de Música de Concerto, o quarteto de violões tem obtido grande êxito em suas cada vez mais frequentes apresentações.

ORQUESTRA JOVEM DA FUNDAÇÃO BARBOSA RODRIGUES.
Mesmo com pouca idade, seus integrantes já vivenciam grande experiência musical, apresentaram-se em diversos lugares do Brasil, Chile, Argentina e Paraguai.
Atualmente trabalham na gravação do seu 1º DVD.

DIA 24/07/2011 – DOMINGO - matutino e vespertino
Local: UFMS – UNIDADE 1
Durante o dia – workshops e oficinas

DIA 24/07/2011 – DOMINGO -noturno
Local: UFMS –UNIDADE 1
Horário: 20h

APRESENTAÇÃO MUSICAL
IVAN CRUZ – VIOLÃO SOLO
Bacharel em música – habilitação em instrumento violão, na Universidade Estadual Paulista – UNESP 2008. Curso de violão no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim (antiga ULM) em 2003, com Everton Gloeden. Iniciou seus estudos nas oficinas culturais de Itanhaém em 1999. Cursando Violão popular no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim. Cursos de especialização musical I, II e III Seminários de violão “Vital Medeiros”, Mogi das Cruzes



GUILLERMO SOSA (HARPA)
No ano em que se comemora o bicentenário da independência do Paraguai, o jovem harpista do Conservatório Nacional de Asunción propaga a arte musical popular de seu país através de um dos seus mais representativos instrumentos, a Harpa Paraguaia.

DIA 25/07/2011 – SEGUNDA – FEIRA – matutino e vespertino
Durante o dia – workshops e oficinas - UFMS – UNIDADE 1

DIA 25/07/2011 – SEGUNDA – FEIRA – NOTURNO
APRESENTAÇÃO MUSICAL
Local: UFMS –UNIDADE 1
Horário: 20h

JAYANA PAIVA E ADRIANO LOPES SOBRINHO
Atualmente em Goiânia, a cantora lírica aprofunda seus estudos ao mesmo tempo em que segue realizando recitais como solista e coralista.
MALU MESTRINHO E MARCELO FERNANDES
O duo formado pela cantora Malu Mestrinho e pelo violonista Marcelo Fernandes, proporcionará aos ouvintes belos momentos de apreciação do que há de mais refinado nessa formação.
Marcelo Fernandes é doutorando em música pela USP, e apresentou-se em todo o território brasileiro, e também em Portugal, Suíça, Espanha, França e Colômbia.
Malu Mestrinho é professora de canto lírico na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, atuou em importantes formações, cantatas, óperas e como solista no Brasil e no exterior.

ORQUESTRA DE CÂMARA DE TRÊS LAGOAS
Com apenas um ano de existência, a Orquestra faz parte do Projeto Abraço Cultural, do Departamento de Cultura- SEMEC – de Três Lagoas. Tem como Coordenador o Contrabaixista Ricardo Brasil e como Maestro Aguinaldo Adelino. O Projeto Orquestra de Câmara é uma iniciativa da Secretaria de Educação e Cultura, através do Departamento de Cultura, tendo como objetivo principal fomentar e difundir a música instrumental. Também visa divulgar a música erudita e popular através de apresentações, e com isso incentivar a formação e a cultura local, além de aprimorar o processo ensino-aprendizagem através do envolvimento de estudantes em atividades de extensão.

DIA 26/07/2011 – TERÇA FEIRA – matutino e vespertino
Durante o dia – workshops e oficinas UFMS – UNIDADE 1

DIA 26/07/2011 – TERÇA FEIRA - noturno
APRESENTAÇÃO MUSICAL
Local: UFMS –UNIDADE 1
Horário: 20h



MARCUS MEDEIROS – PIANO
Natural de Brasília - DF, Marcus Medeiros é Mestre em Música – Performance/Piano pela Universidade Federal de Minas Gerais, tendo sido orientado pela Prof. Dr.ª Margarida Borghoff. Graduou-se no curso de Bacharelado em Piano nesta mesma instituição na classe do Prof. Dr. Miguel Rosselini, em 2005. É integrante do Grupo de Pesquisa Resgate da Canção Brasileira registrado no CNPq, onde, além das atividades de pesquisa, atua como divulgador do gênero por meio de recitais em Belo Horizonte e cidades do interior de Minas Gerais. Durante o ano de 2008, foi professor de Piano e Música de Câmera do curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal de Ouro Preto. Atualmente é professor do Curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
DUO CATRUMANO – VIOLA CAIPIRA
Formado por Elias Kopcak e Rodrigo Nali, o Duo Catrumano – Instrumental de Violas Caipiras - dedica-se a explorar as possibilidades deste instrumento tão brasileiro e ao mesmo tempo, tão universal; através de arranjos e interpretações refinadas, dos clássicos da música de raiz brasileira. Grupo de múltiplas influências, o Duo Catrumano parte do rico universo da viola caipira para realizar arranjos instrumentais de sonoridade única.
ORQUESTRA DE VIOLEIROS DE TRÊS LAGOAS
Fundada em outubro de 1995, a Orquestra de Violeiros de Três Lagoas desenvolve um trabalho de recuperação de nossas raízes culturais e a divulgação das potencialidades do município.
Tem como coordenadora e maestrina a professora Cidinha Mariano e conta com o apoio do Departamento de Cultura – SEMEC – Prefeitura Municipal de Três Lagoas/MS.
DIA 27/07/2011 – QUARTA - FEIRA
Durante o dia – workshops e oficinas – Unidade 1 – UFMS

DIA 27/07/2011 – QUARTA – FEIRA – NOTURNO
APRESENTAÇÃO MUSICAL
Local: UFMS –UNIDADE 1
Horário: 20h
ENCERRAMENTO COM ENTREGA DE CERTIFICADOS
ATIVIDADES CORAL INFANTIL DO FESTIVAL

ORQUESTRA SINFÔNICA CAMPO GRANDE
A Orquestra Sinfônica Municipal de Campo Grande, instituída pela Lei 4.403/06, tem realizado intensa atividade em Mato Grosso do Sul desde a sua estreia em outubro de 2007, quando realizou o concerto de estreia no Teatro Glauce Rocha (UFMS).
Desde então a atuação da Orquestra tem sido marcada pelo pioneirismo de seus integrantes, que buscam parcerias com outras instituições para mantê-la e ainda absorvem jovens talentos da cidade, por entender que tem também o papel de dar oportunidade de aperfeiçoamento no cenário musical erudito de um Estado ainda tão jovem como Mato Grosso do Sul.
A atuação do maestro Eduardo Martinelli também tem sido de integração e valorização da música regional com concertos que utilizam a viola caipira, ou viola brasileira, como definiu o poeta Ariano Suassuna em sua visita a Campo Grande e a Viola de Cocho, tocada pelo jovem Thiago Quevedo, que desenvolveu amplo estudo sobre o instrumento durante sua permanência em Corumbá.
ORQUESTRA DO FESTIVAL
ORQUESTRA DE CÂMARA DE TRÊS LAGOAS
CORAL INFANTIL DOCE ENCANTO


0 comentários:

Postar um comentário