Programação desta Segunda Feira, 08/11

Segue a programação para esta segunda feira!

SEGUNDA-FEIRA 08/11

15h
“O PEQUENO PRINCIPE”
Grupo de Teatro Libertarte – Três Lagoas/MS


Local: Anfiteatro da UFMS – Unidade I
Direção: Paulo Sanches
Texto: Baseado no Livro de Antonie de Saint Exupéry - Adaptação de Paulo Sanches
Gênero: Infantil
Classificação Indicativa: Livre
Elenco: Rodolfo Colino, Claudia Venâncio, Josiane Alves, Tony Araujo, Guilherme Campos e Douglas Ferreira.
Figurino: Márcia Sanches
Trilhas, Adereços e Cenários: Paulo Sanches
Duração: 50 minutos
Sinopse: Dizem que o Petit Prince por sorte veio cair no Brasil, parar em terras brasileiras para aqui correr suas aventuras onde um homem de estado, um geógrafo, um guarda chaves, formaram a história, que é história para criança com o nome de: O Pequeno Príncipe. Sem duvidas que as crianças acolherão o texto de braços aberto por serem elas capazes de compreender tudo até um texto para gente grande. O Pequeno Príncipe é uma fábula ou se preferirmos uma parábola. Não é uma Historia só para criança, por que o texto traz a mensagem da infância, a mensagem da criança essa criança que existe dentro de todos nós.

20h30min
“D.N.A.”
Grupo de Teatro Identidade – Três Lagoas/MS


Local: Anfiteatro da UFMS – Unidade I
Direção: Leandro Cazula
Texto: Jomar Magalhães
Gênero: Drama
Classificação Indicativa: 12 Anos
Elenco: Nadialine Stefan, Maria da Pena e Thaís Felício
Figurino: O Grupo
Duração: 40 minutos
Sinopse: DNA – Um drama emocionante do autor Jomar Magalhães, que narra um inesperado acontecimento na vida de três jovens mulheres. Efigênia passa anos buscando localizar Paula e Léa. Dá-se o encontro quando falta uma semana para que as três completem 38 anos. Assim, Efigênia levanta uma hipótese que poderá vir a abalar a vida das três e dos demais familiares. Entre encontros, discussões, medo, angustia e muito suspense, se desenvolverá este drama que mais do que durante o espetáculo, reserva um final completamente caótico e perplexo. Um simples e eficaz exame pode-se tornar a solução mais coerente perante o acontecimento passado, porém as partes envolvidas questionam o imediatismo desta saída, pois existem razões intrínsecas a serem consideradas.

0 comentários:

Postar um comentário